sexta-feira, 11 de abril de 2008

BRAGA A VER PASSAR AVIÕES!!!




Ontem ficou confirmado que uma empresa de Braga (Aeronorte), ganhou o concurso para a ligação aérea entre Trás-os-Montes e Lisboa, á uma semana atrás surgiu a notícia que a Região de Turismo Leiria/Fátima equacionam negociar com companhias low cost para utilizarem aquele aeródromo, entretanto em Viseu o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, defende que o Aeródromo Gonçalves Lobato seja capacitado para receber voos regionais, charters e low cost, na Covilhã decorre um processo para a construção de um aeroporto, a Câmara abriu concurso para uma pista de 2,2 quilómetros que permitirá a utilização de aviões com lotação até 120 lugares, confirmou o presidente da Câmara da Covilhã, Carlos Pinto, o aeroporto poderá servir voos “low cost” e área logística.
Na nossa região, nada se faz nesta matéria, o aeródromo de Braga está “entalado” pelo Autódromo Vasco Sameiro, sem capacidade de expansão, deixaram construir no redor da pista logo aí perdeu espaço para crescer, os dirigentes da nossa região e mais o Presidente da Câmara Municipal de Braga, deviam pensar nisto, Braga e o Minho não podem andar sempre a reboque do Porto, porque não se começa a preparar terreno para esta estrutura, deve se definir a futura localização do Aeroporto do Minho (nome que dou, porque penso que é uma estrutura para uma região) e impedir a construção nesse mesmo espaço, á quem defenda que o A.M. deve ficar localizado no “sapal de Prado, pois também acho que será a melhor localização para o A.M., porque quanto mais longe ficar do Aeroporto Francisco Sá Carneiro melhor, mais, se Bragança tem capacidade para ter dois voos diários entre esta cidade transmontana e Lisboa e tem procura, imaginem Braga (concelho), que tem cinco vezes mais em população, continuo a achar que um aeroporto na região teria pernas para andar, acho havia muitas oportunidades de negócio, recentemente a Aeronorte mudou as suas instalações de manutenção para Bragança porque o aeródromo de Braga não tinha capacidade de expansão.

Fica aqui uma breve historia do aeródromo de Braga.

O Aeródromo de Braga surgiu através de progressivas transformações de antigos campos de lavoura e bouças na freguesia de Palmeira, designado como "Campo de Aviação", nome pelo qual ainda é reconhecido o actual Aeródromo, inaugurado a 22 de Junho de 1929 com a aterragem dum avião militar monomotor "Junker -F13", pilotado pelo capitão Amado da Cunha.
A História deste aeródromo confunde-se até certa altura com a História do Aero Club de
Braga.in: wikipedia.org

1 comentário:

César Gomes disse...

E que tal em Pedralva? Sairia mais caro, mas o impacto seria menor, desde ruído e visual. O corredor aério seria por zonas florestais, ou contrário de Prado pelo meio da habitação.
Mas com uma ligação por TGV directa de Braga ao Sá Carneiro poderá ser melhor em termos de oferta. Por outro lado o Sá Carneiro está a crescer, e já está limitado a uma pista. Preparar tereeno em Braga poderá ser uma garantia para que qd o Sá Carneiro atingir o limite, bastaria um upgrade ao de Braga.

o mundo da blogosfera


ARQUITECTURA - Arqblog § A barriga de um Arquitecto § Atwarchitecture § Land 4us § O Despropósito § Palavras da Arquitectura § Posthabitat § Sapatos Vermelhos § Um Sitio FILATELIA - Adiafa Filatelia § Atms Portugal § Design e Filatelia § Filatelia Cubense § Filatelia e Gastronomia § Filatelicamente Centro § Marcas e Selos § Núcleo de Filatelia de Faro § Mundo Filatélico § Selos e Cartas FOTOGRAFIA - Momentos e Olhares § Imagenário § O Elogio da Sombra § Lusitanicus § Fotoben § .Blog § Arte Fotográfica § Da Janela § Arte Photographica § Grifo Planante § Um Olhar Sobre... LIVROS - Bibliotecário de Babel § Bibliotecas em Portugal § Balcão de Biblioteca § Da Literatura OPINIÃO -31 da Armada § 100 Nada § 5 Dias § A Aba de Heisenberg § A Curva da Estrada § A Máfia Portuguesa § A Barbearia do Senhor Luís § A Toupeira § A Voz do Povo § Abrupto § Adufe § Aguarelas Portuguesas § Amor e Ócio § Anarca Constipado § Arcadia § Arrastão § Aspirina b § Atlântico § Avesso do avesso § Bandeira ao Vento § Bairro do Amor 2 § Baixa Autoridade § Bananas da República § Bandeira ao Vento § Bicho Carpinteiro § Blogo Existo § Blogo Social Português § BloGotinha § Blue Lounge Cafe § Boa Sociedade § Bode Expiatório § Briteiros § Blasfémias § Blogue de Letras, Artes e Ideias § B-site § Bicho Carpinteiro § Berra-boi § Bitaites § Bidão Vil § Blue! § Blog Operatório § Blogaria Pegada § Bomba Inteligente § Blue Lounge § Blue Moleskin § Breviário das Coisas Breves § Blogue dos Marretas § Caixa de Pregos § Caminhos da Memória § Cantigueiro § Causa Nossa § Clube dos Pensadores § Corta Fitas § Câmara Corporativa § Câmara dos Comuns § Cão com Pulgas § Cacaoccino § Cheiro a Pólvora § Cachimbo de Magritte § Cão de Guarda § Cibertulia § Cinco Dias § Claras em Castelo § Coisas como elas são § ContraFactos § Coreia do Norte § Crítico § Crónicas da Terra § Crónicas do Professor Ferrão § Crónicas de Campanha § Coisas do Antigamente § Desesperada Esperança § Devaneios § Delito de Opinião § Diário da Barafunda § Dias que voam § Do Portugal profundo § Entre as Brumas da Memória § E Deus criou a Mulher § É tudo gente morta § Entre Deus e o Diabo § Escrita em dia § Erecções 2009 § Esquerda Republicana § Etceteras entre Tempos § Espelho Mágico § Fábrica Sombria § Filosofia de Curral § Fora dos Eixos § Filinto Melo § Foram-se os anéis § Fórum Comunitário § French Kissin'Frenesi § Forja de Palavras § Galo Verde § Geração Rasca § Governo Sombra § Gravidade intermédia § Grande loja do Queijo Limiano § Hoje há conquilhas amanhã não sabemos § Há Vida em Markl § Incontinentes Verbais § Ilhas § Imprensa Falsa § In a Lonely Place § Indústrias Culturais § Infinito Pessoal § Irmão Lúcia § Jugular § Jornalismo e Comunicação § Jazza-me muito § Kontrastes § Klepsydra § Kontratempos § Ladrões de Bicicletas § La Force des Choses § Ladrões de Bicicletas § Lâmpada Mágica § Lauro António Apresenta § Lei Seca § Léxico Familiar § Linha do Horizonte § Lilás com Gengibre § Linha dos Nodos § Local & Blogal § Lóbi do Chá § Loja de Ideias § Loucos de Lisboa § Ma-schamba § Machina Speculatrix § Malaposta § Manchas § Mania dos Quadradinhos § Mar Salgado § Margens de Erro § Melancómico § Meditação na Pastelaria § Mel com Cicuta § Memória Virtual § Miniscente § More all of me § Meninas e Moças, Cachopas e Gaijas § Mme Mean § Nu Singular § Nunca Mais § O Carmo e a Trindade § O Canhoto § O Diplomata § O País Relativo § O Regabofe § Orgia Literária § Papéis de Alexandria § Pedra do Homem § Ponto Media § Porta do Vento § Poço dos Negros § Rua da Judiaria § Ruas dos Bragas, 223 § Rui Zink § Sempre a Produzir § Sete Vidas como os Gatos § Somos Portugueses § The Sound of Silence § Tomar Partido § Umblogsobrekleist § Vida das Coisas § Vidro Duplo § Wehavekaosinthegarden § Zero de conduta §