quarta-feira, 25 de março de 2009

É PRECISO FAZER MAIS PELO PARQUE NATURAL PENEDA GERÊS...

Gerês no inverno
Confesso que começo a ficar preocupado com o Parque Nacional Peneda Gerês, bastaram as temperaturas subir um pouco e os incêndios começam logo a consumir o que considero “o paraíso da natureza”, a mata da Albergaria esteve em risco, mas o Gerês não é só este bosque secular, á muito mais além da referida área, com os recentes incêndios, pergunto haverá vigilância suficiente no maior parque natural português, seria bom que se aumentasse o efectivo de vigilantes (por ex. através de voluntariado), principalmente no Verão, altura do ano em que o risco de incêndio é maior e há mais movimento de pessoas e carros, em certas zonas, nota se claramente a falta de limpeza das matas, recordo que, sem uma forte prevenção, veremos todos os anos esta natureza no seu estado mais puro, ser consumida pelas chamas. flickr / carlosvasconcelos40

1 comentário:

Tiago disse...

É claro que o PNPG é mal vigiado. Não posso afirmar se a razão é por falta de vigilantes porque não conheço os números, mas caso sejam suficientes (embora mais, nunca sejam demais) estão claramente mal distrubuídos e não cumprem com eficácia o seu papel. Prova disto são estes incêndios que devastaram o ÚNICO parque nacional de Portugal, mas também outros actos de vandalismo que se vão vendo. E a culpa disto não é de ninguém mais a não ser de quem está à frente do parque. Sei de várias iniciativas, algumas delas bem relatadas aqui na internet, de tentativas de colaboração com o PNPG, mas, regra geral, há sempre má vontade pela parte que deveria ser a maior interessada. Na minha opinião, continuando com este tipo de direcção e com este tipo de política, o futuro do PNPG não será dos melhores, infelizmente. Muitos, de certeza não sabem da riqueza daquelas montanhas, da beleza daquelas paisagens pois só quem lá passa algum tempo consegue aperceber-se da sua importância e singularidade numa dimensão nacional. Muitos vão lá, raramente, passear de carro aos domingos, fazer lixo, destruir o que é de todos (e também deles, infelizmente)... São estes que têm de ser bem vigiados...

o mundo da blogosfera


ARQUITECTURA - Arqblog § A barriga de um Arquitecto § Atwarchitecture § Land 4us § O Despropósito § Palavras da Arquitectura § Posthabitat § Sapatos Vermelhos § Um Sitio FILATELIA - Adiafa Filatelia § Atms Portugal § Design e Filatelia § Filatelia Cubense § Filatelia e Gastronomia § Filatelicamente Centro § Marcas e Selos § Núcleo de Filatelia de Faro § Mundo Filatélico § Selos e Cartas FOTOGRAFIA - Momentos e Olhares § Imagenário § O Elogio da Sombra § Lusitanicus § Fotoben § .Blog § Arte Fotográfica § Da Janela § Arte Photographica § Grifo Planante § Um Olhar Sobre... LIVROS - Bibliotecário de Babel § Bibliotecas em Portugal § Balcão de Biblioteca § Da Literatura OPINIÃO -31 da Armada § 100 Nada § 5 Dias § A Aba de Heisenberg § A Curva da Estrada § A Máfia Portuguesa § A Barbearia do Senhor Luís § A Toupeira § A Voz do Povo § Abrupto § Adufe § Aguarelas Portuguesas § Amor e Ócio § Anarca Constipado § Arcadia § Arrastão § Aspirina b § Atlântico § Avesso do avesso § Bandeira ao Vento § Bairro do Amor 2 § Baixa Autoridade § Bananas da República § Bandeira ao Vento § Bicho Carpinteiro § Blogo Existo § Blogo Social Português § BloGotinha § Blue Lounge Cafe § Boa Sociedade § Bode Expiatório § Briteiros § Blasfémias § Blogue de Letras, Artes e Ideias § B-site § Bicho Carpinteiro § Berra-boi § Bitaites § Bidão Vil § Blue! § Blog Operatório § Blogaria Pegada § Bomba Inteligente § Blue Lounge § Blue Moleskin § Breviário das Coisas Breves § Blogue dos Marretas § Caixa de Pregos § Caminhos da Memória § Cantigueiro § Causa Nossa § Clube dos Pensadores § Corta Fitas § Câmara Corporativa § Câmara dos Comuns § Cão com Pulgas § Cacaoccino § Cheiro a Pólvora § Cachimbo de Magritte § Cão de Guarda § Cibertulia § Cinco Dias § Claras em Castelo § Coisas como elas são § ContraFactos § Coreia do Norte § Crítico § Crónicas da Terra § Crónicas do Professor Ferrão § Crónicas de Campanha § Coisas do Antigamente § Desesperada Esperança § Devaneios § Delito de Opinião § Diário da Barafunda § Dias que voam § Do Portugal profundo § Entre as Brumas da Memória § E Deus criou a Mulher § É tudo gente morta § Entre Deus e o Diabo § Escrita em dia § Erecções 2009 § Esquerda Republicana § Etceteras entre Tempos § Espelho Mágico § Fábrica Sombria § Filosofia de Curral § Fora dos Eixos § Filinto Melo § Foram-se os anéis § Fórum Comunitário § French Kissin'Frenesi § Forja de Palavras § Galo Verde § Geração Rasca § Governo Sombra § Gravidade intermédia § Grande loja do Queijo Limiano § Hoje há conquilhas amanhã não sabemos § Há Vida em Markl § Incontinentes Verbais § Ilhas § Imprensa Falsa § In a Lonely Place § Indústrias Culturais § Infinito Pessoal § Irmão Lúcia § Jugular § Jornalismo e Comunicação § Jazza-me muito § Kontrastes § Klepsydra § Kontratempos § Ladrões de Bicicletas § La Force des Choses § Ladrões de Bicicletas § Lâmpada Mágica § Lauro António Apresenta § Lei Seca § Léxico Familiar § Linha do Horizonte § Lilás com Gengibre § Linha dos Nodos § Local & Blogal § Lóbi do Chá § Loja de Ideias § Loucos de Lisboa § Ma-schamba § Machina Speculatrix § Malaposta § Manchas § Mania dos Quadradinhos § Mar Salgado § Margens de Erro § Melancómico § Meditação na Pastelaria § Mel com Cicuta § Memória Virtual § Miniscente § More all of me § Meninas e Moças, Cachopas e Gaijas § Mme Mean § Nu Singular § Nunca Mais § O Carmo e a Trindade § O Canhoto § O Diplomata § O País Relativo § O Regabofe § Orgia Literária § Papéis de Alexandria § Pedra do Homem § Ponto Media § Porta do Vento § Poço dos Negros § Rua da Judiaria § Ruas dos Bragas, 223 § Rui Zink § Sempre a Produzir § Sete Vidas como os Gatos § Somos Portugueses § The Sound of Silence § Tomar Partido § Umblogsobrekleist § Vida das Coisas § Vidro Duplo § Wehavekaosinthegarden § Zero de conduta §